Positividade transforma

Mude Sua Postura Corporal e Elimine Medo e Raiva!

Mude Sua Postura Corporal e Elimine Medo e Raiva, pois da mesma forma que nós mudamos nossa postura corporal quando estamos com raiva, com medo, ou outra emoção negativa, podemos e devemos fazer o caminho contrário.

Vou hoje ensinar uma das ferramentas do meu método Cura Positiva, onde a gente cultiva um jardim florido no nosso cérebro e transforma nossa vida através da gestão das emoções.

Sempre comparo nosso cérebro a um jardim florido. Quando a gente nasce ele é repleto de flores! A gente nasce com emoções positivas e negativas. Sim todos nós temos todas. A diferença está em como vamos reagindo a vida, pela nossa formação, pela nossa herança genética, por uma série de fatores.

Se a gente for dando mais espaço para as emoções negativas, as ervas daninhas vão aumentando, tomando conta. E aí a gente começa a sentir um enorme peso nas costas. A vida fica mais pesada, as vezes a gente começa a afastar as pessoas por causa do nosso humor negativo, ou por causa do nosso sarcasmo, ou por causa da nossa agressividade…

E como a gente pode ir revertendo isso?

Vou ensinar aqui algumas posturas corporais que podem quebrar o padrão ruim em que você se encontra em determinado momento, porque a postura física imprime no nosso corpo uma mensagem para o cérebro para mudar naquele momento a atitude, o padrão emocional.

Se você está muito triste, com muita raiva, enfim, você mudando a postura abre um novo canal neuronal, ativa os antídotos e passa do 8 para o 80 vamos dizer assim.

Preste bem atenção são dicas poderosas para o nosso dia a dia, para promover e cultivar nossa saúde física, mental e emocional.

Vamos então verificar as principais emoções negativas e as mudanças de postura corporal que podemos fazer para sair da sensação ruim que estamos quando envolvidos por elas.

Quando temos um minuto de raiva em relação algum acontecimento, a reação libera cortisol e noradrenalina. Essa reação causa um desequilíbrio em todo organismo que leva 6h00 para ser equilibrada, sanada no nosso organismo. Pensa o estrago que a gente faz diariamente no nosso organismo quando entramos na raiva. Imagina então quando carregamos essa raiva por mais tempo. Ou quando deixamos que se transforme em ódio, ressentimento, mágoa, que ficam quase crônicas em nós.

Da mesma forma que a emoção acaba sendo transferida para o comportamento e a gente demonstra fisicamente aquilo que está sentindo naquele momento a gente pode alterar a postura corporal e alterar a emoção. Eu tenho raiva, e demonstro fisicamente…

Vamos avaliar as principais emoções negativas e as posturas antídoto para elas. Mas no final vou passar um antídoto único que muda todas essas situações, podendo ser usada em conjunto ou isolada e é super fácil de aprender e de usar. Todos tem que ficar dois minutos para fazer efeito nesse caminho neuronal novo.

Medo, insegurança, desânimo, tristeza:

Postura da mulher maravilha, super-homem, do poderoso chefão.

Raiva, irritabilidade, indignação:

Postura da paz, das bênçãos, da alegria.

Uma postura que devemos fazer várias vezes por dia para alcançarmos nosso objetivos diários e liberar muita química boa é a da Vitória.

E outra ferramenta fundamental que é um antídoto geral, é a respiração profunda onde nossos pulmões abraçam  nosso coração e começa o comando para liberar ocitosina, que é o Neuroregulador responsável pelo amor emoção maior que cura tudo.

Parabéns Para Nossa Criança Interna!

Parabéns para nossa criança interna! Veja aqui a importância de mantermos nossa criança saudável.

Se tivemos uma infância triste ou alegre, o importante é a gente focar nos momentos bons, ativando a nossa memória positiva e intensificando as emoções positivas.

Vamos ativar nossa criança interna com um exercício simples: sente um pouco sozinho, se puder ser ao ar livre melhor, feche os olhos e lembre dos primeiros 7 anos de sua vida. Procurando reviver momentos bons, uma brincadeira, uma guloseima, um carinho, um livrinho, um amiguinho… Inspire profundamente, intensificando esse momento, e trazendo essa sensação para o momento presente. Logo, pense em momentos bons mais recentes, como se unisse todos os acontecimentos, você sentindo bem-estar criança e agora.

Lembra quando perguntava tudo? Quando explorar lugares, coisas, era interessante? Procure hoje olhar tudo ao seu redor com esses olhos curiosos. Procure empolgar-se com as bolhas que saem do detergente enquanto lava louça, ou com o dente-de-leão que encontre e possa soprar.

Manter conosco eternamente nossa criança interna na versão positiva afasta a ansiedade, nos traz calma, harmonia, bem-estar e criatividade.

Veja aqui como podemos mantê-la:

 

Vamos praticar, vale a pena!

A leveza de vida é sinal de saúde, de imunidade adequada, de produtividade…

Grande e carinhoso abraço da minha criança interna para a sua!

Isabel

 

 

 

A Importância da Ocitocina na Dependência Química

A importância da Ocitocina na Dependência Química e de álcool vem crescendo, já que vários estudos realizados mostram sua ação benéfica na redução do medo, da ansiedade e do estresse, além de aumentar a confiança, a generosidade e o altruísmo.

Ensaios clínicos com um spray nasal à base de ocitocina mostram que a substância ajuda a reduzir o desejo de consumir bebida alcoólica e os sintomas relacionados à abstinência. Outra questão é a comprovação de que o apoio social e familiar é muito importante, justamente por elevar a ocitocina no dia-a-dia.

Vamos então ver o que é a ocitocina, os benefícios dela e como produzir naturalmente.

A ocitocina, bem como a dopamina, a serotonina e a endorfina forma o Quarteto Fantástico da Felicidade, propiciando um cérebro positivo, saudável, pleno e realizador.

A continuidade, determinação, persistência, entre outras competências comportamentais que são baixas na dependência química, devem ser bem cuidadas, com ajuda de profissionais competentes que possam orientar como fazer essa manutenção.

O álcool e as drogas adoecem significativamente o cérebro, em muitos casos de forma irreversível.

A dependência é uma doença e precisa ser levada mais a sério, principalmente na prevenção durante a formação cerebral (até 22 anos). Quanto mais cedo o adolescente “experimenta”, mais os riscos e sequelas.

No meu canal Isabel Rios Piñeiro você pode acompanhar muitas mais dicas sempre para a qualidade de vida e gestão emocional!

Grande abraço!

Isabel

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Um Cérebro Positivo Vale a Pena!

Um cérebro positivo vale a pena! Com certeza!

Neste desafio, inicio uma série de exercícios que você pode fazer facilmente e conseguir traçar um caminho de positividade no seu cérebro.

Veja aqui!

Estudos comprovam que, cada vez que vivenciamos uma pequena descarga de felicidade, aumentamos nossa capacidade criativa e de inovação, o rendimento escolar aumenta, serve de antídoto para a ansiedade e o stress físico, bem como melhora nosso foco e produtividade.

Você é que escolhe se quer ver o mundo pelas lentes das emoções negativas, procrastinando, reclamando, esperando que o outro faça, aguardando que a política mude…

Nossos filtros de spams, tanto no computador, quanto na nossa cabeça, só identifica o que programamos para que encontre.

Como você programa seu filtro?

Já foi comprovado que nosso estado emocional imprime no nosso corpo uma determinada postura e, que o contrário também é bem possível! Neste artigo no site O Segredo você pode compreender bem como isso acontece.

Preste atenção nas posturas simples que aumentam testosterona e diminuem cortisol, propiciando sensação de segurança, trazendo uma disposição real para a ação.

Cérebros positivos lidam muito melhor com situações de stress, de pressão, percebem mais oportunidades, e você pode “formatar” o seu iniciando com esse exercício proposto. De preferência, não faça só 5 dias, faça mais!

Nos próximos dias, na FP Isabel Rios Piñeiro  você pode acompanhar outros exercícios e reflexões.

Compartilhe! Vamos fazer uma Corrente da Positividade!

Escolhi esta última quinzena de setembro em apoio ao Setembro Amarelo

Em 90% dos casos o suicídio pode ser evitado e, a prática das emoções positivas pode ter uma contribuição enorme! Veja no meu canal mais dados sobre como prevenir, o que fazer e quais os sinais que antecedem ao suicídio.

Abraço carinhoso!

Isabel

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Setembro Amarelo: falar é a melhor solução!

Setembro Amarelo: falar é a melhor solução! Essa é a campanha do mês de prevenção ao suicídio de 2017. Precisamos levar a sério, pois pelos números oficiais, são 32 brasileiros mortos por dia, taxa superior às vítimas da AIDS e da maioria dos tipos de câncer.

O suicídio tem sido um mal silencioso, pois as pessoas fogem do assunto e, por medo ou desconhecimento, não veem os sinais de que uma pessoa próxima está com ideias suicidas.

Veja o exemplo de Robin Williams:

Numa entrevista que concedeu ao jornal The Guardian, em 2010,  ele falou que a cirurgia cardíaca a que tinha sido submetido o fez sentir “totalmente mortal” e que essa sensação de mortalidade o intimidou. E respondeu a pergunta: A vida é uma bênção? “Totalmente”. Quatro anos depois se suicidou, porém antes deu vários sinais: isolamento, voltou a usar álcool.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, 9 em cada 10 casos de suicídio poderiam ser prevenidos. É necessário a pessoa buscar ajuda e atenção de quem está à sua volta.

Temos como prevenir, pois o comportamento suicida surge, na maioria dos casos, como consequência de uma doença psicológica não tratada, como é o caso da depressão severa, síndrome do estresse pós-traumático ou esquizofrenia, por exemplo.

De qualquer forma, temos sinais que podem servir de alerta e precisam ser levados a sério:

  1. Tristeza excessiva ou isolamento;
  2. Alterações de comportamento ou descuido com aparência;
  3. Colocar muitas coisas pendentes em dia, ficar mais tempo escrevendo (pode ser um alerta de despedida);
  4. Depois de quadros de depressão, ansiedade ou angústia elevados, apresentar uma calmaria repentina;
  5. Fazer ameaças de suicídio;
  6. Uso excessivo de drogas ou álcool;
  7. Nostalgia, ficar falando muito do passado com saudade e sem planos para o futuro;
  8. Uso de frases como: “não aguento mais”, “eu queria sumir”, “quero terminar com tudo” e “eu quero morrer”.

A MELHOR FORMA DE ENTENDER O SUICÍDIO NÃO É ESTUDANDO O CÉREBRO, E SIM, AS EMOÇÕES. AS PERGUNTAS A FAZER SÃO: ONDE DÓI?, COMO POSSO AJUDÁ-LO? Dr. Edwin Schneidman

Fatores considerados de risco:

  1. Ter casos de transtorno mental na família;
  2. Ter algum tipo de transtorno mental, pois as estatísticas mostram que 90% dos suicídios são associados principalmente por depressão, transtornos de personalidade, dependência química e esquizofrenia.
  3. Condições clínicas incapacitantes (pessoa que fica limitada, pela idade, acidente…).
  4. Se já tentou suicídio antes;
  5. Ateus;
  6. Profissionais da saúde;
  7. Desempregados;
  8. De acordo com o Instituto Português de Suicidologia, a impulsividade é um dos fatores mais importantes no suicídio.
Independentemente das causas, o suicídio resulta sempre da consolidação de emoções negativas e de estresse.
Portanto, preste atenção em você e nas pessoas que você gosta. Não subestime o sofrimento do outro, pois isso pode resultar em morte.
O que fazer para prevenir:
  1. Escutar mais e apoiar quem está em sofrimento.
  2. Percebendo situação crítica, encaminhe para profissional especializado.
  3. Pratique emoções positivas sempre e incentive-as ao seu redor.

Uma forma de auxiliar é ensinar estes dois exercícios simples para prevenir ou eliminar angústia, envolvida direta na depressão, ansiedade…

Faça sua parte!

Sempre vale a pena!!!!

Grande abraço!

Isabel

Sucesso profissional tem a ver com Papai Noel?

Sucesso profissional tem a ver com Papai Noel?

Mesmo em época de festas do “Papai Noel” é momento de reflexão. Nosso sucesso depende do sistema de crenças que construimos e solidificamos ao longo da vida

São nossas crenças e valores que garantem nossa diferenciação no mercado e na vida. O quanto nos destacamos, o quanto temos sucesso, em qualquer idade ou ocasião da nossa vida está diretamente ligado às crenças em que nos alicerçamos advindas de nossa convivência familiar, de nossa personalidade, bem como das relações e decisões que vão permeando nossa vida ao longo do crescimento.

Esta é uma época do ano mágica, colorida, alegre, festiva, cheia de confraternizações, onde culturalmente instituiu-se um momento do ano para “balanços” de forma geral. É a época em que mais escutamos as pessoas fazendo planos para o ano seguinte, delineando aspectos de sua vida e revendo o que alcançou das metas colocadas no final do ano anterior. Muitas nem lembram quais foram, outras lembram, mas nem as acompanharam devidamente no decorrer do ano e não conseguiram alcançar o objetivo previsto.

Para não acarretarmos essas frustrações é necessário mudar essa crença quanto a planejamento. É importante que estabeleçamos metas e as ações para concretização das mesmas em qualquer momento da nossa vida, de preferência sempre e de forma correta. É necessário centramento e inteligência emocional para realizar o planejamento.

O fundamento para tal planejamento é sabermos onde estamos e o que queremos alcançar e mudar. Precisamos ainda perceber se nosso comportamento, nossa forma de ser acompanha esse planejamento. Por exemplo, se um profissional pensa que vai mudar a imagem e se vestir mais formalmente com terno e gravata, precisa pensar se não vai alterar seu humor por causa do calor, ou se o cabelo não está muito comprido para tal traje, ou se o piercing combina com a nova vestimenta, etc.

Estabelecer metas não é simplesmente como escrever uma carta para o Papai Noel colocando os pedidos e esperar o resultado. É sim, exercitar o autoconhecimento profundo, é rever comportamento, é acompanhar de forma contínua as ações necessárias para cada meta e replanejar antes de se frustrar ao ver a meta não alcançada.

Não podemos então atribuir “ao bom velhinho” nosso fracasso, ou culpar o “ano que não foi bom”, nós somos o sujeito da oração, afinal nós somos os protagonistas de nossa história e sempre podemos fazer com que essa história mude, é claro, para melhor.

Agora, mão à obra!

Boas festas, bom planejamento diferente!

Escolhas corretas fazem parte de minha vida?

Escolhas corretas fazem parte de minha vida?

Vamos refletir sobre nossas escolhas? Será que escolhas corretas fazem parte de nossas vidas?

No livro “Felicidade – A Prática do Bem-estar”, Matthieu Ricard cita a história Tibetana de um cão que vivia entre dois monastérios separados por um rio. Um dia, ouvindo o sino que batia na hora do café da manhã do primeiro monastério, pôs-se a nadar para atravessar o rio. No meio caminho ouviu bater o sino do segundo monastério e voltou atrás. No fim, não chegou a tempo para fazer nenhuma das refeições.

Muitas vezes isso ocorre em nossas vidas, pela demora na tomada de decisão, ou por perder o foco, acabamos não concretizando aquilo que realmente queremos. Mas aí está o ponto. Será que sabemos o que realmente queremos?
Se não sabemos, não podemos alcançar. Decisões são escolhas. Uma boa tomada de decisão é resultado de uma boa escolha. O que caracteriza uma pessoa segura é sua tomada de decisão eficaz. Todos nós tomamos decisões baseadas em um processo, mesmo que inconscientemente. Então temos que usar um processo o mais estruturado possível para fazermos uma boa escolha.

Realização, bem-estar e sucesso estão ligados diretamente à capacidade de tomada de decisão, que só se concretiza de forma adequada se nos conhecemos, temos segurança e motivação para persistirmos no caminho do autodesenvolvimento e autoconhecimento. A falta de autoconfiança pode se manifestar em sentimentos de incapacidade, impotência, e dúvidas paralisantes sobre si mesmo

Deixamos a indecisão entrar nas nossas vidas, deixando de assumir o papel de protagonistas de nossa história quando: damos muita importância ao que os demais pensam a nosso respeito e quando temos medo de errar. Está tudo centrado na maneira e intensidade com que encaramos as situações. As opiniões dos outros são muito importantes e nos fazem crescer, melhorar cada vez mais, porém a questão é: quem escutamos? como? e em que momento?…

Se nos conhecemos bem, temos maior probabilidade de sentir mais segurança nos nossos atos, se ficamos acomodados no processo de autoconhecimento, a tendência maior é a de diminuir a confiança em nós e prejudicar nosso processo de tomada de decisão.

Para tomarmos decisões com inteligência emocional precisamos:

1. Definir o problema e o objetivo.
2. Criar o maior número de alternativas possíveis para sua solução.
3. Desenvolver um plano de ação claro e concreto, verificando sempre “custo X benefício” de todos os passos. Para isso, escreva-os no papel para ficar mais fácil a visualização. Procure pesar tudo como se colocasse numa balança.
4. Pensar no que pode dar errado e em alternativas de melhoria e reavaliação.
5. Revisar sempre o planejamento das ações.
6. Não ter medo de errar durante o percurso.

Em todo o processo de tomada de decisão o foco está em considerar o erro como um passo dado que precisa ser reavaliado. O importante é sair da estagnação, do comodismo, da vitimização.

Ver o erro com tranquilidade por ter passado da inércia para a ação, avaliando sempre a possibilidade de aprendizagem e de recomeço, de retomada.

Afinal: “Onde quer que você veja um empreendimento de sucesso, pode acreditar que ali houve, um dia uma decisão corajosa”. Peter Drucker

Cerimônia do Reconhecimento: venha participar!

Cerimônia do Reconhecimento: venha participar!

Um convite especial que, espero que aceite! Convido você para a Cerimônia do Reconhecimento, venha participar!

Este é um experimento realizado que me encantou e venho realizando há anos, em muitos dos meus trabalhos com Gestores, em grupos terapêuticos, em consultório, faz parte de meu livro Metamorfose do Líder…

Leia com atenção e depois me diga como foi a sua cerimônia do reconhecimento, isso é muito importante para minhas pesquisas, para meus projetos de transformação na vida de pessoas especiais como você que preza pelo autoconhecimento e quer ser sempre um SER melhor

Me envie seu depoimento por este site ou facebook!

Aguardo você!!! Experimente, você vai ficar feliz com o resultado! Escolha três ou mais pessoas.

“Uma professora de Nova York decidiu homenagear seus alunos do último ano colegial, dizendo a cada um deles a sua importância

Usando um processo desenvolvido por Hetice Bridges, de Del Mar, Califórnia, ela chamou todos os alunos em frente à classe, um de cada vez. Primeiro, disse a eles como eram importantes para ela e para a classe. Então presenteou cada um deles com um laço azul com uma frase impressa em letras douradas: “Eu sou importante”. Depois, a professora resolveu desenvolver um trabalho com a classe para ver que tipo de impacto o reconhecimento teria sobre a comunidade. Deu a cada aluno mais três laços e os instruiu para que saíssem e disseminassem a cerimônia de reconhecimento. Em seguida eles deveriam acompanhar os resultados, ver quem homenageou quem, e relatar a classe dentro de cerca de uma semana.

 Um dos alunos foi até um executivo júnior de uma empresa próxima e o condecorou por ajudá-lo no planejamento de sua carreira. Então, deu-lhe dois outros laços e disse:

– Estamos fazendo um trabalho para a escola sobre reconhecimento, e gostaríamos que você procurasse alguém para homenagear, que o presenteasse com um laço azul, e que lhe desse outro laço para ela homenagear uma terceira pessoa, disseminando esta cerimônia de reconhecimento. Em seguida, por favor, procure-me novamente e conte-me o que aconteceu.

Mais tarde naquele dia, o executivo júnior procurou seu chefe, que, por falar nisso, era tido até então como um cara rabugento. Pediu ao chefe que se sentasse e disse-lhe que o admirava profundamente por ser um gênio criativo. O chefe pareceu muito surpreso. O rapaz, perguntou-lhe se aceitaria o laço azul como presente e se permitia que ele o colocasse. Seu chefe surpreso disse: – Bem certamente

O executivo júnior pegou o laço de fita azul e colocou-o no paletó do chefe bem em cima do coração. Ao dar ao chefe o último laço disse:

– O senhor me faz um favor? Receberia este outro laço e o passaria adiante homenageando outra pessoa? O garoto que me deu o laço esta fazendo um trabalho para a escola e queremos que esta cerimônia de reconhecimento prossiga, para descobrir como ela influencia as pessoas.

Naquela noite, ao chegar em casa, o chefe procurou seu filho de quatorze anos e pediu que se sentasse. Ele disse:

Hoje me aconteceu uma coisa incrível. Estava em meu escritório e um dos executivos júnior entrou disse que me admirava e me deu este laço azul por me considerar um gênio criativo. Então, ele prendeu este laço que diz “Eu sou importante” no meu paletó, bem sobre meu coração. Deu-me Um outro laço e pediu-me que homenageasse uma outra pessoa.

Esta noite, voltando para casa, comecei a pensar a quem homenagearia com este laço e pensei em você. Quero homenagear você. Meus dias são muitos tumultuados e, quando chego em casa, não lhe dou muita atenção. Algumas vezes grito com você por não tirar boas notas na escola e por seu quarto estar uma bagunça, mas de qualquer forma, esta noite eu gostaria apenas de me sentar aqui e, bem, dizer-lhe que você e importante para mim. Além de sua mãe, você e a pessoa mais importante em minha vida. Você e um grande garoto e eu amo você.

O sobressaltado garoto começou a soluçar, e não conseguia parar de chorar. Todo o seu corpo tremia. Ele olhou para o pai e disse através de lágrimas:

– Papai, eu planejava cometer o suicídio amanhã, porque achava que você não me amava. Agora não preciso mais.”

Trecho extraído do livro “CANJA DE GALINHA PARA A ALMA”, escrito e compilado por Jack Canfieid & Mark VictorHansen.

Semana Sem Reclamações! Ajude Seu Cérebro a Ser Saudável!

Semana Sem Reclamações! Este é um convite sério para você que quer melhoria de sua qualidade de vida, saúde, bem-estar, produtividade…

Ficar sem reclamar não é fácil, mas é fundamental para a saúde!

Veja quantos ganhos!

Vamos então passar uma semana sem reclamar? E depois? Renove, e faça mais uma semana…

Neste artigo Pare de Reclamar e Descubra o Segredo da Vida Plena e Saudável, que publiquei no site O Segredo, do qual sou colunista, você tem alternativas para mudar esse padrão de reclamação.

Como vimos, mudar esse hábito, esse caminho que construímos de forma errada no nosso cérebro, não é fácil, mas é possível.

Se quiser mais dicas e exercícios conheça meu método Cura Positiva, e faça parte de um TIME de pessoas que estão construindo um cérebro positivo para ter uma vida mais plena e saudável, bem como, para contribuir na construção de um mundo melhor.

Grande abraço!

Uma semana de muita luz!

Isabel

Agosto Violeta: Semeando o Perdão, Colhendo a Paz!

 

Agosto Violeta: semeando o perdão, colhendo a paz! Este é o lema da iniciativa da ONG Instituto Ives Ota e a Associação Brasileira de Qualidade de Vida (ABQV), que se uniram para expandir o alcance da Lei 13.437/2017 que institui o Dia Nacional do Perdão em 30 de agosto.

O objetivo do Agosto Violeta é propor o perdão como instrumento de tolerância entre as pessoas, incentivando a paz, o bem-estar, a empatia, a convivência harmônica…

Estudos da Universidade de Harvard mostram que apenas 10% da nossa felicidade depende do mundo externo e 90% depende apenas da forma como você enxerga os acontecimentos. Isso quer dizer, que somos responsáveis pela interpretação que fazemos dos acontecimentos. Desta forma, se guardamos rancor, ressentimento, mágoa, a escolha é nossa, pois podemos optar por não guardar.

Guardar ressentimentos, interpretar a vida com desconfiança, julgar os outros, tudo traz doença, padrões negativos no nosso cérebro.

O perdão tem inúmeros benefícios para nós, como:

  1. Melhora o humor;
  2. Aumenta a imunidade;
  3. Cria e amplia o foco e a atenção;
  4. Melhora as relações de forma geral;
  5. Aumenta a autoestima e a autoconfiança;
  6. Abre nossa mente favorecendo a criatividade e tomada de decisão;
  7. Amplia a capacidade de aprendizagem;
  8. Reduz as doenças que vem do stress como ansiedade, depressão, gastrite, fibromialgia, entre outras;
  9. Aumenta o rendimento escolar;
  10. Constrói e amplia a resiliência, a capacidade de lidar com a frustração;
  11. Desenvolve o senso de propósito de vida;
  12. Melhora muito a qualidade do sono;
  13. Aumenta significativamente nosso nível de satisfação com a vida;
  14. Baixa a pressão arterial;
  15. Reduz a compulsão alimentar.

Veja abaixo como saber se perdoou ou não e 3 das crenças que não te deixam perdoar:

O que o perdão faz é nos dar a capacidade de deixar o passado para trás. Quando perdoamos, recuperamos nosso bem-estar, nossa autoestima, nosso amor próprio e nossa satisfação pessoal. Vivemos uma vida mais leve, feliz e satisfeita, mesmo com e apesar de tudo que nos aconteceu.

Leia meu artigo no site O Segredo para completar a reflexão:

Perdão:um ato de amor para com você mesmo

Grande e carinhoso abraço!

Isabel

Acabe com a Angústia com estes 2 Exercícios!

Acabe com a angústia com estes 2 exercícios!

A angústia é uma doença! Cuidado! E, como toda a doença, precisa ser tratada para não trazer danos físicos.

Você já sentiu um aperto no peito ou um sentimento de vazio, então, provavelmente já sentiu angústia e, talvez nem tenha percebido.

Normalmente a angústia está associada às emoções negativas e aos sentimentos associados a essas emoções como medo, insegurança, preocupação, raiva, ressentimento, mágoa, inveja…

A angústia é sorrateira! Pode anunciar uma depressão, pode vir como “acompanhante” da ansiedade, que está já em estágios mais avançados, mas sempre representa uma falta de habilidade de lidar com as situações de forma equilibrada.

Quais os sintomas?

  • Ela expressa-se, principalmente, por um vazio no peito. É muito comum as pessoas colocarem a mão no peito e apertar. É instintivo, pois se sente um “aperto no peito”, que, ao massagear, ao apertar, parece melhorar.
  • Os sintomas confundem-se, muitas vezes, com um infarto ou problemas cardiológicos de forma geral.
  • Há uma sensação de abafamento, dificuldade de respirar. A respiração fica curta, como se estivesse interrompida. Como se faltasse ar para encher os pulmões.
  • Dá uma tristeza sem motivos aparentes. Ou, por vezes, parece que o que a gente está vivendo não é “para tanto desespero”.
  • É comum também, a mudança de humor repentina! Muitas vezes, sem explicação consciente, ou seja, a pessoa não sabe porque ficou apática, sem ação, como se estivesse em choque.
  • Há casos que a angústia manifesta-se em forma de uma inquietude acentuada.
  • Também podemos sentir uma sensação de “bolo na garganta” ou de “gastura”.

Aqui um exercício simples que costumo recomendar diariamente no consultório ou nos meus cursos. Simples de fazer e traz alívio imediato!

Já que me empolguei… Vamos a mais um que amo!!!!!!

Agora faça e depois me diga os resultados!!!!

Grande abraço!!!!!

Isabel

 

Viver é uma habilidade que pode ser desenvolvida!

Viver é uma habilidade que pode ser desenvolvida e a qualidade do nosso viver é que precisa ser devidamente cuidada. Apenas você pode curar a sua vida, repensando, revendo, refazendo…

A forma como encaramos e vivemos nossa vida é que gera saúde ou doença em nós. A forma como pensamos gera maior ou menor ansiedade, materializa mais ou menos dor…

Se encaramos a vida de forma densa e dramática vamos conectar com a negatividade, com a vitimização. Vamos viver reclamando e alimentando apenas desesperança e fragilidade.

A escolha está dentro de nós. Mesmo se nos criamos num ambiente onde a reclamação, o apontar culpados, o olhar com os olhos da negatividade, foram incentivados, podemos optar por apagar essa parte da história e reescrevê-la. Não lá no passado, mas de agora em diante.

Se queremos uma vida saudável só o empenho pelo cultivo das emoções positivas, pela mudança de crenças que não mais nos fazem crescer e combinam com o estilo e resultados que queremos em nossa vida a partir de agora, é que vai sustentar o bem-estar.

“No que diz respeito ao empenho, ao compromisso, ao esforço, à dedicação, não existe meio-termo. Ou você faz uma coisa bem-feita, ou não faz”. Ayrton Senna

Tudo o que quisermos alcançar depende de como pensamos. Se mudarmos nossos pensamentos o nosso mundo mudará. Não adianta tentar mudar maus hábitos se o mindset não mudar.

O seu mindset, a forma como encara a vida, é positivo ou negativo?

Para criar o mindset certo você precisa reprogramar seu cérebro positivamente, para encarar obstáculos como oportunidades, perdas como aprendizagens… Afinal, mentes negativas são improdutivas. Quando você imagina alguém criativo e bem-sucedido, você pensa numa pessoa cheia de raiva, rancor, medo, inveja? Provavelmente não!

Porque o segredo de uma vida bem-sucedida, seja no que for que você quiser ser bem sucedido, depende de empenho, de energia criativa, de perseverança, de motivação e, nenhuma dessas qualidades se encontra na negatividade. Cérebros negativos não produzem crescimento, não fluem na leveza de vida, não se conectam ao autoconhecimento para a transformação necessária.

Se quer resultados diferentes, mude o caminho, ou mude a forma de encarar o caminho, mas, mude!

Veja aqui como criar uma proteção para momentos difíceis da vida:

Você sabia que tem em média 60 mil pensamentos por dia? Sabe a razão da maioria das pessoas dizer que pensamento positivo não dá certo?

Simplesmente porque faz de forma errada. Não adianta ficar repetindo frases e pensamentos positivos, se não há uma mudança interna, uma revisão profunda da coerência entre o que se fala e o que se faz.

O que realmente faz diferença é desenvolver as emoções positivas de forma a que você se transforme num movimento de cura emocional verdadeira em sua vida, afinal, viver é uma habilidade que pode ser desenvolvida.

“O que a humanidade precisa hoje é de mais sabedoria para viver. Dela vem a capacidade de manter a calma e o silêncio interior. Veja e ouça. Não é preciso nada além disso. Manter a calma, olhando e ouvindo, ativa a inteligência que existe dentro de você. Deixe que a calma interior oriente suas palavras e ações”. Eckhart Tolle, em O Poder do Silêncio.

Construa uma nova forma de encarar a vida e de viver de forma saudável com o Cura Positiva.

Grande abraço!

Isabel

 

A autoestima adequada leva a uma vida mais saudável!

A autoestima adequada leva a uma vida mais saudável! Muitas vezes negligenciamos a importância da autoestima boa em nossa vida, mas, não podemos esquecer que a autoestima baixa é prejudicial, pois:

  • eleva a ansiedade;
  • rebaixa nossa capacidade de foco, de viver o agora;
  • rebaixa a imunidade;
  • eleva o risco de doenças cardiovasculares;
  • aumenta a insegurança;
  • aumenta a chance de desenvolver depressão;
  • entre outros…

Preste atenção nestes dois erros básicos que reforçam a autoestima baixa e fique longe!

E também reflita um pouco sobre o QUANDO em sua vida pode prejudicar a autoestima:

No meu canal ainda tem mais vídeos sobre autoestima e exercícios para melhorá-la. Passe lá, inscreva-se e receba sempre em primeira mão os vídeos para gestão emocional e qualidade de vida.

Ficam estas dicas para colocar em prática e, se você quiser realmente mudar sua autoestima, conheça meu método Cura Positiva, onde, em 42 dias, você traça um novo caminho no cérebro para uma vida mais saudável através das emoções positivas e das “químicas cerebrais boas” sendo devidamente ativadas.

Grande abraço!

Isabel

 

 

Semana EU ME AMO! Vem Comigo?

Semana EU ME AMO! Vem Comigo?

Concorda comigo que um dos grandes problemas da humanidade é a forma como nos relacionamos? Como nos relacionamos conosco e com os demais?

Afinal, se não cultivamos uma relação saudável e amorosa conosco, como vamos fazer isso com o outro?

Nós precisamos da quantidade certa de sol para nutrir nosso corpo, não é? Isso fica evidente nos exames clínicos que detectam a falta de vitamina D, tão frequente hoje em todas as idades. Você descobre isso por causa de sintomas que são extremamente desconfortáveis como queda de cabelo, cansaço, unhas quebradiças, entre outros.

Quando você se sente sem energia, triste, vazio, sem ânimo, perde o brilho nos olhos, perde o brilho da pele, perde a vitalidade e, muitas vezes, perde a vontade de fazer coisas que antes eram muito divertidas e prazerosas, o que você pensa que é?

E quando as pessoas se afastam por causa da sua negatividade, da sua irritabilidade, das reclamações constantes, ou talvez da sua falta de humildade, do seu sarcasmo… Você acredita que isso é fruto do que?

Você pensa no que está acontecendo? Já achou respostas?

Eu afirmo que é falta de amor, já pensou nisso?

O amor é a emoção positiva maior!

Doses constantes de amor influenciam como crescemos e como mudamos ao longo da vida, tornando-nos mais saudáveis e resilientes dia após dia.

A presença ou ausência do amor em nossas vidas influencia tudo o que sentimos, pensamos, fazemos e nos tornamos. Com mais amor, com mais positividade, somos capazes de enxergar as complexas relações da vida e seguir um caminho que leva a maior vitalidade, felicidade e sabedoria.

Ao aprender como gerar amor dentro de si próprio, você fortalece toda a fisiologia do seu cérebro, do sistema nervoso e consegue relações mais saudáveis e receptivas ao seu redor, pois o amor gera amor.

O amor conecta com a resiliência. Pessoas resilientes não ficam sozinhas, pois tem melhor humor, sorriem mais, cativam mais…

Agora fica aqui o convite e a reflexão:

Grande abraço!

Isabel

Você Tem Um Monstrinho Que Mora Na Sua Cabeça e Inferniza Você?

Você tem um monstrinho que mora na sua cabeça e inferniza você? Um monstrinho que volta e meia provoca um caos temporário, ou por vezes, provoca um caos que dura mais tempo do que pode imaginar, ou até, que possa suportar?

Ele faz uma bagunça tremenda e traz pensamentos ruins, que não param de ir e vir, que, como um tornado, tira tudo do lugar e acaba desencadeando um monte de coisas ruins na sua vida?

Se você tem veja abaixo todos os inconvenientes que esse monstrinho causa, quando não lhe damos a devida importância, ou quando não tomamos consciência dele e como transformá-lo num forte aliado que propicie foco, motivação, atenção e rebaixe a ansiedade.

Um dos monstrinhos que mais atrapalha a vida da gente é a preocupação.

Na nossa cultura a preocupação é cultivada de forma completamente errada. A preocupação não é saudável, gera ansiedade e causa uma série de problemas na nossa vida. Mas há um antídoto certeiro para ela.

Quer ver?

Outro antídoto (além dos citados antes) maravilhoso contra nossos monstrinhos é a autoestima.

Hoje o cenário é triste, pois a autoestima de forma geral das pessoas anda muito baixa. Independente de sexo ou idade, houve uma queda assustadora no nosso antídoto, por isso tanta irritabilidade, ansiedade, pânico…

Mas podemos resgatar isso. Vamos ver o que fazer!

Espero que esta reflexão tenha ajudado você a transformar os monstrinhos que mais tem incomodado na sua vida.

Afinal, sucesso e realização dependem de saúde emocional. Hoje a gestão das emoções é o diferencial dos profissionais no mercado e das pessoas de forma geral na vida.

Não é a toa que a OMS tem alertado tanto para o índice crescente no Brasil e no Mundo de depressão, ansiedade, suicídios… É realmente porque a situação está crítica e, na maioria das vezes as pessoas acreditam que apenas fazendo um pouquinho não adianta.

A realidade é que, se cada um fizer a sua parte, por menor que seja, já vai ajudar e muito.

Se eu adotar uma emoção positiva por dia, meus monstrinhos diminuem e, posso contagiar outras pessoas, que contagiam outras…

Vamos contagiar positivamente?

Grande abraço!

Isabel

#positividadetransforma

#curapositiva

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mude Sua Postura Corporal e Elimine Medo e Raiva de Forma Simples, Rápida e Extremamente Eficaz!

Mude Sua Postura Corporal e Elimine Medo e Raiva de forma simples, rápida e extremamente eficaz.

Num mundo agitado e acelerado, ter uma estante cheia de ferramentas para mudar nosso estado emocional de forma simples e rápida é uma solução!

Comece então a construir sua estante de ferramentas agora com estas duas videoaulas abaixo. Vale a pena tirar menos de quarenta minutos e assistir. Com certeza, você vai conseguir transformar um momento caótico em um momento de harmonia, de foco. E, o melhor de tudo! Com apenas dois minutos de técnica.

Não é balela! É comprovado cientificamente e você pode ter essa “carta na manga” sempre. Tudo o que eu falo, além de comprovação científica, tem a comprovação prática. A comprovação na minha vida e na de milhares que acompanho nestes mais de 30 anos dedicados a gestão das emoções. Minha missão maior é contribuir na construção do equilíbrio emocional de cada um que faz parte de minha jornada.

Na videoaula abaixo explico como fazer posturas de poder. Posturas estas que ajudam você a enfrentar situações onde o medo e a insegurança tomam conta. Além de mostrar posturas que nos fazem passar de um rompante de raiva, que acaba com nossa imunidade, para um estado de equilíbrio e harmonia.

Vale a pena conferir!

Logo depois desta videoaula, recebi muitas perguntas e condensei de forma didática nesta outra videoaula explicativa e com novos exemplos que podem conferir logo abaixo.

Se o mundo cai ao nosso redor e nós caímos junto, não conseguiremos ter êxito no que queremos.

Se nos deixarmos influenciar pela radiofrequência das pessoas de “baixo astral”, nosso corpo vai mostrar as marcas, seja pelo esgotamento, seja pela doença…

Então vamos aprender a lidar cada vez melhor com tudo de negativo e de ruim ao nosso redor. Afinal, temos condições de vencer os obstáculos que a vida nos coloca. É só a gente se organizar, se autoconhecer e praticar as ferramentas aprendidas até se tornarem parte de nós.

Agora é só treinar! Procure ficar atento/atenta a todas as reações negativas que podem levar seu organismo a picos de stress e buscar utilizar as ferramentas que mostrei.

Quer um caminho certo para mudar de forma completa e definitiva? Conheça meu método CURA POSITIVA

Depois me fale os resultados!

Abraço carinhoso!

Isabel

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cuidado com o trio: Estresse, Ansiedade e Depressão!

 

Cuidado com o trio: estresse, ansiedade e depressão, pois eles andam juntos e podem devastar silenciosamente sua saúde, seu bem-estar, sua vida.

Aqui cito uma matéria da Cinthya Leite no Casa Saudável, que retrata muito bem esse tema, alertando sobre o perigo da ansiedade e do estresse diário, que, quando não cuidamos bem, pode transformar-se em depressão.

Afinal estamos expostos diariamente a noticias sobre aumento da violência, do desemprego, da corrupção… que, com certeza aumentam nossos medos, a preocupação, a indignação… Veja aqui a matéria na íntegra: http://blogs.ne10.uol.com.br/casasaudavel/2017/04/08/inseguranca-nas-cidades-aumenta-estresse-e-ansiedade-que-sao-fator-de-risco-para-depressao-diz-psiquiatra/

Mas o que fazer para mudar essa realidade? Como podemos ter cuidado com esse trio: estresse, ansiedade e depressão?

Precisamos fazer a nossa parte!

Precisamos prestas mais atenção e falar mais sobre nossos sentimentos.

Precisamos cuidar mais de nós e de cada pessoa que gostamos, observando sintomas, percebendo como as pessoas estão, como nós estamos… isso já é um excelente começo.

Sobre sintomas da ansiedade e depressão você pode acessar estes dois artigos meus que estão bem completos, inclusive com dicas de prevenção e de tratamento.

Duas leituras rápidas e agradáveis, aonde você pode transformar seu dia, fazendo com que a saúde seja prioridade. Um artigo que bombou no site O Segredo, do qual sou colunista: Tome 2 Atitudes e Reduza 33 Sintomas de Ansiedade Na Sua Vida.

Outro artigo do site O Segredo que teve excelente aceitação: 25 Sintomas de Depressão que Você Pode Prevenir com 13 Ações Simples.

Agora você está munido de tudo o que precisa saber para iniciar sua mudança, sua transformação para viver de forma mais plena, saudável e feliz.

Mas sabe o que é fundamental para dar certo sua mudança?

  • Fazer o que consegue e tentar melhorar a cada dia. Não espere o momento ideal, pois este, pode nunca chegar… A procrastinação precisa ser afastada de nossa vida.
  • Fazer a sua parte e não escutar tudo o que os demais opinam. Você é dono de sua vida, depois não adianta culpar os demais pelas críticas… Nós é que deixamos que o outro interfira.
  • Se amar mais a cada dia, assim consegue amar ao outro. E hoje que tal ligar para alguém querido que não fala há algum tempo e perguntar como está? Divida as dicas, compartilhe!

E se quiser um caminho mais curto para sua transformação conheça o CURA POSITIVA.

Grande abraço!!!

Isabel

Dia Mundial da Saúde: Depressão

No Dia Mundial da Saúde, que este ano traz a depressão como tema, alerto com detalhes os riscos de não dar a devida atenção para essa doença silenciosa.

Abaixo explico com detalhes sintomas, riscos, formas de tratamento e como prevenir.

Vale a pena tirar um tempinho, pois é preocupante o crescimento absurdo dessa doença nos últimos dois anos.

 

Outra preocupação que é bem pertinente, é com o aumento de casos de depressão e suicídio entre adolescentes.

Aqui fica um alerta aos pais e todos os que tem contato com adolescentes, para prevenir o agravamento desse quadro crescente, que tira a alegria de viver e pode tirar a vida.

 

Agora repasse para todos os amigos e amigas que podem estar precisando dessas dicas.

Minha missão é auxiliar no equilíbrio emocional das pessoas, pois no efeito onda, conseguimos contribuir com a sociedade, com a humanidade.

Grande abraço carinhoso!!!!

Isabel

 

Você Pode Criar a Receita do SEU SUCESSO!

Você pode criar a receita do SEU SUCESSO!

Afinal, nossa vida como um todo é resultado das atitudes que escolhemos tomar.

Se deixarmos o “barco da nossa vida na correnteza” e formos levando, não podemos nos frustrar com os resultados, pois dificilmente as coisas serão como gostaríamos que fossem. Afinal, se não fizermos esforço algum, temos que nos contentar com os resultados.

Alcançar objetivos, querer ver nossos sonhos concretizados, desejar mudar nosso padrão de vida de alguma forma, tudo exige empenho, dedicação e muita persistência.

O grande desafio na nossa vida é nos tornarmos protagonistas de nossa história. Sair da zona de conforto, parar de criar expectativas ou viver reclamando e, arregaçar as mangas.

Deixar de esperar que “a situação melhore”, ou que “volte a época das vacas gordas” e fazer o possível ou o impossível agora, mas, FAZER! Parar de estar sempre no tempo verbal errado. Passado não pode ser mudado, futuro não pode ser previsto. Podemos tomar o passado como aprendizagem e planejar o futuro. Mas de qualquer forma, precisamos agir para que tudo isso aconteça no momento presente.

Somos o responsável direto por conquistas, por vitórias e por derrotas.

Assumir momentos bons e ruins das nossas tomadas de decisão é que faz a diferença em nossas vidas, no nosso processo de amadurecimento e de crescimento.

O sucesso é sempre diretamente proporcional ao tamanho do nosso empenho, da nossa persistência, da nossa determinação, da nossa disciplina e, como não poderia deixar de mencionar, da nossa capacidade de resiliência. A resiliência, nossa capacidade de lidar com frustrações, tem um papel fundamental, pois sempre nos deparamos com negativas, com frustrações, afinal estas fazem parte da vida.

Hoje não adianta apenas saber. Podemos ter muito conhecimento e não colocá-lo em prática, ter habilidades e não utilizá-las de forma correta, e até mesmo ter atitude e não alcançar nossos objetivos ou ideais. A razão é que, antes de tudo precisamos responder a pergunta máxima em nossa vida: qual o sentido da minha existência? O que me mobiliza a paixão na minha vida? Afinal, ter conhecimento e ter atitude é fundamental, porém se estiverem associadas com o saber o que quero e saber o que gosto.

Se J. K. Rowling persistisse no medo e não tirasse seus manuscritos de uma caixa, onde permaneceram por anos, milhões de leitores ficariam sem Harry Potter e ela, continuaria numa luta pela subsistência com sua filha. A escritora demorou, mas teve atitude. Estava com dificuldades, não acreditava no seu potencial, sofria, mas ao invés de continuar esperando que algo externo mudasse sua vida, buscou soluções internas, venceu os obstáculos, teve determinação, persistência e principalmente, resolveu acreditar em si e naquilo que gostava de fazer.

Para traçar a estrada de nossa vida nós precisamos nos conhecer e saber o que queremos. Saber onde queremos estar lá no fim da estrada. Saber do que gostamos, saber o que nos motiva e nos faz sentir realizados. Só dessa forma o planejamento pode ser feito com a certeza que o resultado alcançado será realmente aquele que se quer.

Espero que comece agora!

E, se quer mais dicas, inscreva-se na minha lista VIP no WhatsApp: Mande EU QUERO SER VIP para (48) 99686-0093.

Abraço cheio de energia impulsionadora para você!

Isabel

Desejo a Você FELICIDADE no Dia Dela!

No Dia Internacional da Felicidade, desejo a você ela mesma: a felicidade.

Sabe a razão da ONU ter criado o Dia Internacional da Felicidade?

Em 2012, a ONU reconheceu a importância de ter a felicidade e bem-estar como metas universais, aproveitando a ideia do Butão, quando foi gerado, na ocasião, o Primeiro Relatório Mundial sobre Felicidade.

O Butão, desde 1972 leva em consideração outros aspectos de avaliação, sem ser o PIB – Produto Interno Bruto, denominando estes aspectos ambientais, psicológicos, culturais, econômicos como FIB, que é o índice de felicidade bruta. A ênfase deles é em preservar o meio ambiente, em manter a compatibilidade de convivência de forma geral, em preservar a paz e a saúde física e mental do seu povo.

Entre 2010 e 2015, eles conseguiram aumentar a felicidade agregada em 1,8%, e nós? Hoje somos considerados o país mais ansioso do mundo e, talvez isso seja reflexo dessa busca projetada de felicidade em que vivemos.

No dia da Felicidade quero perguntar a você o que é felicidade e convidar a uma reflexão sobre felicidade.

Na minha atuação em consultoria nas organizações ou em consultório tenho visto muita confusão sobre FELICIDADE, que deveria ser algo tão simples…

E agora, depois de ter refletido comigo, o que responde?

Espero que você não esteja na lista das pessoas que vive procurando a felicidade projetada. Essa é uma tarefa árdua, que pode nunca ser alcançada.

Traga a felicidade para onde verdadeiramente deve estar, no aqui e agora, dentro de nós, gerando energia e bem-estar para enfrentar todas as situações, sejam de lágrimas ou de sorrisos, pois tudo nos faz crescer.

Peço para compartilhar estas dicas para mais e mais pessoas repensarem e passar a focar no agora. Para que mais e mais pessoas ativem o que há de melhor em si mesmas que é a positividade que alimentar o bem-estar e a positividade.

Se quiser mais dicas veja a aula on-line gratuita que preparei com carinho e onde você ganha 3 presentes para começar a colocar em prática todas as ferramentas que passo.

Nessa aula explico meu método Cura Positiva que ajuda na transformação do seu cérebro mais negativo em positivo.

Aguardo você na aula on-line gratuita para construirmos um jardim florido no seu cérebro e tirar essas ervas daninhas que o stress colocou aí!

Vem comigo nessa jornada de transformação!

Te aguardo!

Grande abraço!

Isabel

Contato

Contato

Aguardo seu contato!
Ficarei muito feliz em receber seus comentários!
Encaminhe sugestões de temas que gostaria de receber, dúvidas, críticas…
Se tiver alguma história, depoimento… Fique a vontade e escreva!
Sua contribuição é muito importante na minha jornada!